Prefeitura de Catingueira decreta estado de emergência após forte chuva

O prefeito Odir Pereira Borges Filho decretou nesta segunda-feira (19) estado de emergência em Catingueira por conta dos prejuízos causados pela chuva que caiu sobre o município no último domingo (18).

Odir esteve logo cedo na cidade e pôde ver de perto os prejuízos causados na Escola Maria Celeste Pires por conta do volume de água que caiu.

O gestor informou que o ano letivo só será iniciado na próxima segunda-feira (26) já que a chuva provocou muitos estragos na estrutura do prédio da referida escola, além de ter danificado vários aparelhos como freezer e geladeiras.

O prefeito também esteve visando outros pontos da cidade, como casas e ruas que foram alagadas e colocou toda a estrutura da prefeitura a disposição da sociedade.

A tarde, Odir visitou algumas áreas rurais alagadas que foram prejudicadas por conta da forte chuva. Ele disse que as máquinas da prefeitura estão a disposição dos moradores que tiveram prejuízos.

“Tivemos muitos problemas na cidade, mas o principal foi registrado na escola Celeste Pires, que abriga o maior número de alunos na rede de ensino municipal. Salas de aulas foram alagadas e vários equipamentos foram danificados. O local amanheceu totalmente tomado pela lama, sem condição alguma para o início das aulas, que estavam previstas para hoje.” Revelou.

Ainda de acordo com o gestor, uma força-tarefa foi montada pela secretaria de Infraestrutura com uma equipe de 20 homens para tentar limpar o local. Duas unidades básicas de saúde, A Inácio Motta e a Albino Félix, além do prédio da Secretária de Saúde, que tiveram problemas em suas estruturas.

“Devido essa realidade, a prefeitura decretou situação de emergência nesta segunda-feira. O objetivo agora é atender a população e corrigir os problemas. O início do ano letivo será remarcado pela secretaria de Educação”, disse Odir Borges.

 

 

« Voltar